Servidores evitam a entrada de drogas na UP de Aragarças

Os entorpecentes estavam escondidos nas partes íntimas de uma mulher que tentava adentrar ao presídio em dia de visita

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Aragarças, pertencente à 5ª Regional Prisional Centro-Oeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de 60 gramas de maconha e 40 gramas de cocaína na unidade, nesta quarta-feira, 08/05. Os entorpecentes estavam escondidos nas partes íntimas de uma visitante que tentava adentrar ao presídio em dia de visita de familiares aos reeducandos do local.

De acordo com o diretor da UP, Cristiano Gomes, após uma denúncia anônima, os agentes plantonistas intensificaram o rigor no procedimento de revista pessoal. Na ocasião, a mulher, que é esposa de um dos detentos, foi conduzida ao Hospital Municipal de Aragarças para realização do exame de raio-x e constatação do fato.

A visitante assumiu estar portando os ilícitos e, de forma espontânea, se propôs a retirar as drogas que estavam envolvidas em um preservativo.

A direção do presídio, que colocou os entorpecentes à disposição das autoridades competentes para os devidos cuidados, conduziu a mulher à delegacia da cidade, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante, além de abrir procedimentos para apuração interna do fato.

Os procedimentos empregados para garantia da segurança no ambiente carcerário seguem diretrizes instituídas pelo Governo do Estado, em consonância com políticas da Secretaria de Segurança Pública e da DGAP.

Fotos: DGAP

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776

Compartilhar: