Rotam desarticula mais uma quadrilha especializada em explosões de agências bancárias

É a quarta quadrilha especializada neste tipo de crime desarticulada somente neste ano. Suspeitos também atuavam no tráfico de drogas

Policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) desarticularam no último sábado (16/02), em Aparecida de Goiânia, mais uma associação criminosa especializada em explosões de agências bancárias. É a quarta quadrilha que atuava neste tipo de crime detida pelas forças policiais em 2019.

A ação foi realizada após uma denúncia de que a quadrilha estaria escondida em uma casa no Setor Mansões Paraíso. No local, dois homens reagiram à abordagem, dispararam contra os policiais e acabaram mortos. Outros três suspeitos acabaram presos. Um deles teria assassinado um policial há quase quatro anos.

Todos os suspeitos vieram do Pará e se preparavam para atacar agências bancárias em Goiás. Há, ainda, a suspeita de que os cinco integravam facção criminosa de São Paulo, com ramificações em outros estados.

Conforme apurado pela Polícia Militar, o grupo também atuava no tráfico de drogas. Na casa, foram encontrados mais de 200 quilos de maconha, além de materiais usados em explosões de caixas eletrônicos, como cordel detonante, explosivos e estopins hidráulicos. Também foram apreendidas duas armas de fogo e munições.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, todas as forças policiais goianas estão preparadas para enfrentar a criminalidade. “Nossos policiais são altamente qualificados e estão trabalhando para evitar nos crimes. Ataques de banidos serão respondidos à altura”, afirma.

Quadrilhas desarticuladas
Na última semana, a Rotam também impediu que outra associação criminosa atacasse uma agência do Banco do Brasil, em Aparecida de Goiânia. Também em fevereiro, uma operação integrada entre as polícias Civil e Militar deteve uma quadrilha que atacava caixas eletrônicos na região do Entorno do Distrito Federal.

Em janeiro, em outra ação integrada, as duas forças policiais prenderam nove suspeitos de ataques a bancos de Goianésia, Morrinhos e Nova Crixás. “Os policiais goianos são exemplos de dedicação e empenho. São homens e mulheres que merecem nosso total respeito”, afirmou o governador Ronaldo Caiado, na apresentação dos suspeitos.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: