Polícia Civil prende grupo que atacaria quatro agências bancárias em Goiás

Corporação também apreendeu diversos explosivos que seriam utilizados nos crimes

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB), apresentou nesta segunda-feira (15/04), os resultados de uma operação que culminou na prisão de três homens que planejavam atacar agências bancárias no último final de semana. Também foram apreendidos explosivos que seriam utilizados nos crimes. As prisões foram efetuadas em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Trindade.

De acordo com as investigações, os suspeitos haviam planejado atacar quatro instituições bancárias no Estado. A polícia apurou, ainda, que eles agiriam sob as ordens de um detento do sistema prisional. A suspeita é que eles integrem uma facção criminosa.

Foram detidos Gustavo Henrique Ferreira de Jesus, Paulo Ricardo Souza Siqueira e Bruno Pereira de Oliveira, que estava foragido do presídio de Rio Verde. Os três possuem diversas passagens pela polícia.

Bruno tinha mandado de prisão em aberto por latrocínio e chegou a apresentar um documento falso quando foi abordado pelos policiais. Os três tiveram as prisões em flagrante convertidas em preventivas.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: