Polícia Civil desarticula célula financeira de facção criminosa

Nove pessoas foram presas; Polícia também apreendeu veículos de luxo, joias e mais de R$ 7 milhões; Suspeitos usavam empresas de fachada

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (19/12), nove suspeitos de integrarem a célula financeira de uma facção criminosa de abrangência nacional. Em operação coordenada pela Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), também foram apreendidos cerca de R$ 2,2 milhões em espécie e R$ 5 milhões em cheques, além de 20 carros de luxo, uma lancha, uma moto e joias.

De acordo com as investigações – que tiveram início há dez meses -, a associação criminosa criou um banco fictício e seis empresas de fachada, que funcionavam para lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. “Também encontramos moedas estrangeiras. Acreditamos que eram usados para comprar mais drogas”, afirmou o delegado Douglas Pedrosa.

O grupo teria movimentado cerca de R$ 1 bilhão. As empresas funcionavam em Goiânia, Anápolis e Goianira. Dos presos, cinco já estavam cumprindo pena por tráfico de drogas. Os outros quatro são empresários.

Lideranças da quadrilha ostentavam luxo. Os nomes dos integrantes não foram revelados para que as investigações – ainda em andamento -, não sejam prejudicadas.

Fotos: Polícia Civil

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: