Policia Civil deflagra operação contra laboratório que teria sonegado R$ 1 milhão em impostos

 

Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em Goiânia e Aparecida de Goiânia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), deflagrou nesta terça-feira (16), a Operação Torre Vigia. O alvo foi uma grande rede de laboratório de análises clínicas estabelecido em Goiás e outros estados. A empresa é investigada por crime de sonegação fiscal referente ao não pagamento do imposto ISSQN e por causar embaraços à ação fiscal dos órgãos competentes.

As investigações tiveram início há seis meses. documentos de faturamento e finanças. “Os tributos deveriam ser recolhidos aos cofres públicos e são com eles que os municípios, o Estado e a União têm condições de garantir os direitos básicos de saúde, segurança e educação”, afirma o delegado Marcelo Aires.

No total, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em unidades de Goiânia e Aparecida de Goiânia. A operação também contou com da Secretaria de Finanças Goiânia. Estima-se que os prejuízos aos cofres públicos cheguem à ordem de R$ 1 milhão. “A sonegação fiscal é um crime que deve ser combatido porque afeta a vida de toda população”, destaca o delegado.

A empresa chegou a ser notificava duas vezes, mas não apresentou os documentos fiscais. A direção alegou que, como as análises eram feitas em Aparecida, os tributos deveriam ser pagos a este município.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: