Operação Carnaval: Governo de Goiás e SSP reforçam segurança em 76 municípios

Mais de quatro mil policiais ampliam ações ostensivas e preventivas em regiões estratégicas do Estado. Medida vai garantir mais tranquilidade à população

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), deflagrou nesta sexta-feira (01/03), a Operação Carnaval. Todas as forças policiais atuarão de forma integrada no sentido de intensificar o policiamento ostensivo, coibir a criminalidade e garantir mais segurança à população durante o período de festa. “Estamos trabalhando de forma estratégica para garantir tranquilidade aos cidadãos de bem”, afirmou o titular da SSP, Rodney Miranda.

As ações serão realizadas em 76 municípios estratégicos. Em 28 deles, o efetivo policial será reforçado. Também serão montadas bases integradas de segurança nas cidades com maior volume turístico, entre elas, Alto Paraíso, Caldas Novas, Cidade de Goiás, Goianésia e Pirenópolis.

Em seu discurso, o governador Ronaldo Caiado destacou a importância da operação para garantir mais segurança aos goianos. “Tenho absoluta certeza que este trabalho contribuirá para que Goiás siga no caminho certo para se tornar referência nacional no combate à criminalidade”, disse.

Mais de 4,1 mil servidores das forças de segurança participam da operação. A Polícia Militar, por exemplo, contará um efetivo de mais de três mil policiais, além de viaturas, um helicóptero e drones na vigilância de eventos e rodovias. “Contamos com homens e mulheres empenhados na defesa da população”, destacou o secretário Rodney Miranda.

A Polícia Civil, além da estrutura permanente de profissionais e viaturas das Centrais de Flagrante de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Águas Lindas, contará com 39 delegados atuando no interior, 123 agentes, 80 escrivães e 52 viaturas.

Cerca de 320 integrantes do Corpo de Bombeiros Militar partem para diversas cidades do interior com o objetivo de sensibilizar os foliões. A idéia é conscientizar a população de que pequenos cuidados podem evitar grandes tragédias. Mais de 174 viaturas serão distribuídas em 41 postos de atendimento em rodovias e balneários turísticos. A corporação também contará com seu helicóptero operacional para apoiar qualquer emergência.

A segurança nos presídios será reforçada pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária. Mais de 600 agentes estão envolvidos no trabalho. O Grupo de Operações Penitenciárias (Gope) também atuará em diversas unidades prisionais. A Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) vai aumentar o efetivo plantonista nos núcleos regionais onde o fluxo de turistas deve aumentar. Já o Procon Goiás, vai atuar na fiscalização de distribuidoras de bebidas.

Extinção da terceira classe
Após o lançamento da operação, o governador Ronaldo Caiado sancionou a lei que acaba com a terceira classe dos agentes das forças de segurança. Mais de 2,6 mil servidores serão beneficiados com a medida. “Não existirá mais uma situação que desqualifica a polícia em Goiás. Todos sabem da dificuldade financeira que o Estado foi deixado, mas procuramos solucionar essa questão”, ressaltou.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: