José Eliton firma parcerias com conselhos tutelares e de segurança para coibir tráfico de drogas na região Noroeste

Compartilhar:

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, se reuniu na manhã deste sábado (19/11) com representantes dos Conselhos de Segurança e com os membros do Conselho Tutelar da Região Noroeste de Goiânia, que apresentaram demandas dos vários bairros na área de segurança e propuseram parcerias efetivas com o governo para a prevenção e o combate ao tráfico de drogas e a outras causas da violência.

Para José Eliton, a união entre governo e comunidade é um passo fundamental para solucionar o problema da criminalidade. “Já avançamos muito, e com o diálogo franco, colocando na mesa os problemas e buscando junto as soluções, teremos condições de avançar ainda mais”, afirma.

As audiências, primeiro com os conselheiros de Segurança e em seguida com os membros do Conselho Tutelar da região, foram realizadas na estrutura montada na Praça da Feira, no Setor Morada do Sol, onde a Secretaria de Segurança Pública realiza desde quinta-feira o evento SSP Com Você, com diversas ações de segurança e cidadania.

Os encontros contaram com a presença de toda a cúpula da Secretaria de Segurança Pública. Paralelamente, os diferentes órgãos da pasta prestaram atendimento à comunidade, como emissões de carteira de identidade, oficina de primeiros socorros e orientações sobre direito do consumidor, entre outros, além dos serviços tradicionais na unidade do Vapt Vupt.

Ao receber os conselheiros comunitários de Segurança, liderados pelo coordenador estadual dos Consegs, capitão Johnathan Tarley, o vice-governador e titular da SSPAP destacou que as ações de segurança têm reduzindo substancialmente os índices de violência em todo o estado, mas que, na capital, a Região Noroeste é a que mais preocupa, por responder por quase 70% das ocorrências.

Ele lembrou que o conjunto de ações do “SSP Com Você” prescindiram de profunda análise de inteligência e que, após o evento, será mantido o trabalho de monitoramento na região. “Esta é uma forma de atingir os grupos que atuam principalmente no tráfico que além de fomentar o crime, destrói as famílias e que envolvem questões de saúde pública”, afirma.

De acordo com José Eliton, a aproximação dos organismos de segurança pública com a comunidade é essencial para a prevenção da violência. “Por isso estamos trabalhando nessa outra vertente, a do Pacto Social Goiás Pela Vida, porque ou vamos ter uma sociedade inteira abraçando essa causa ou não adianta colocar 10 mil homens nas ruas, porque a criminalidade vai continuar”, destaca. José Eliton lembrou, ainda, que outras 50 edições do “SSP Com Você” serão realizadas na região metropolitana de Goiânia e no Entorno do DF.

Dentre os assuntos discutidos na reunião, estão a instalação de câmeras de segurança em alguns locais estratégicos e ações transversais que resultem em maior sensação de segurança para a comunidade. A integração dos grupos comunitários no aplicativo WhatsApp com os grupos das forças policiais nos bairros é uma das propostas a serem implementadas. Os conselhos também se comprometeram a divulgar na comunidade o uso de ferramentas inovadoras, como o aplicativo i9X para o contato com o sistema de segurança e o registro de casos.

José Eliton ressaltou, que no Brasil, as famílias têm relegado ao Estado o papel de educar, deixando de incutir valores e princípios importantes para manter adolescentes e jovens longe das drogas e da violência. Falou dos crimes passionais, que são mais um caso de saúde pública do que de segurança e mais uma vez enfatizou a necessidade de mudanças na legislação para o fim da cultura da impunidade no país. Atualmente, o estado de Goiás possui 336 conselhos comunitários de Segurança, 66 deles em Goiânia.

Segundo o capitão Tarley, os conselhos são os olhos e os ouvidos da comunidade. “A parceria entre o governo e a comunidade permite ações transversais de diagnóstico da realidade dos bairros”, afirmou. Entre as parcerias já consolidadas, a coordenação dos Consegs no estado de Goiás mantém convênio com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária para desenvolver o programa Viver Cidade, da Fundação Global da Paz (Global Peace Foundation), que já realiza ações no Setor Jaó e Setor Itatiaia, para revitalização, com envolvimento das comunidades, de espaços de convivência. A proposta é levar o programa para a Região Noroeste. O diretor executivo da fundação, Massimo Trombin, participou do encontro.

Região Noroeste livre de homicídios por mais de 48 horas

 Secretaria de Segurança Pública mantém forças policiais em permanentes operações de patrulhamento, bloqueios e abordagens

 No primeiro dia, quinta-feira, o “SSP Com Você”, nas suas ações ostensivas, resultou na recuperação de cinco veículos produtos de roubos, apreensão de três armas de fogo, na captura de três foragidos da justiça e na apreensão de vários objetos produtos de roubo a residência. Em confronto com a polícia, um assaltante foi atingido e morto. Nas primeiras 24 horas, nenhum homicídio ou tentativa de homicídio foi registrada na região.

O Procon, com apoio da Delegacia do Consumidor, a Polícia Técnico-Científica e a Vigilância Sanitária Municipal, interditou dois depósitos de um supermercado no Setor Finsocial. Foram apreendidos quase 900 itens no armazenamento do açougue e da panificadora do supermercado, onde grande quantidade de produtos inadequados para o consumo foi encontrada, entre eles carnes e outros produtos de origem animal sem indicação de fabricação ou prazo de validade.

A Polícia Militar, que trabalha na região tanto em terra quanto no ar, por meio do Grupo de Radiopatrulha Aérea (GRAer), vem realizando diariamente cerca de 150 bloqueios, totalizando nos dois primeiros dias mais de 300 deles. Até a manhã deste sábado, 1.800 veículos haviam sido abordados pelas equipes, resultando na abordagem de mais de 5.400 pessoas aproximadamente.

Na sexta-feira, conforme balanço feito pelo comandante da PM, coronel Divino Alves, três veículos roubados foram recuperados com as prisões dos suspeitos, uma violência doméstica foi atendida, tendo o responsável pela agressão sido conduzido pelos policiais, dois foragidos foram recapturados e levados ao 13º BPM. Junto ao 27º BPM, os policiais registraram a recuperação de um veículo roubado, a recaptura de um foragido, uma prisão por receptação, outra por lesão corporal e outra por injúria.

No período, conforme ressaltou o comandante Divino Alves, não houve nenhum homicídio ou tentativa de homicídio, nenhum roubo a estabelecimento comercial ou roubo à residência em toda a região Noroeste.

“Essas ações intensivas e preventivas dão resultados que podem ser comprovados em números; não tivemos crimes de violência nem crimes contra o patrimônio durante a instalação do SSP Com Você”, acentuou o comandante da Polícia Militar. A equipe atuante na região Noroeste nesses quatro dias inclui, além do GRAer, o Choque, o 1º Grupamento de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO), o Regimento de Polícia Montada (RPMont), as Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) e o Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

A Polícia Civil, além da emissão de carteiras de identidade, transferiu a Central de Flagrantes para o 22º Distrito Policial do Jardim Curitiba com funcionamento 24 horas. Apresenta o programa Escolas Sem Drogas e o Investigador Mirim, além de intensificar o atendimento nas delegacias dos bairros de todo a Região Noroeste.

FOTOS: WILDES BARBOSA

Compartilhar:
Webmaster GIT