Goiás apresenta queda em todos os indicadores criminais em 2018

Destaque para a redução de crimes violentos, como homicídios, latrocínios e estupros; Proatividade das forças policiais aumentou a sensação de segurança entre os goianos

 

Goiás registrou queda em todos os indicadores criminais monitorados pela Secretaria de Segurança Pública em 2018. Entre os destaques, está a redução de 10,30% no número de homicídios. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (27/12), pelo titular da pasta, Irapuan Costa Júnior. “As ações das forças policiais estão, de fato, desarticulando o crime organizado.

Casos de latrocínio caíram 11,22%, ao passo que estupros recuaram 1,87%. Tentativas de homicídio, por sua vez, regrediram 20,10%. “A política de aproximação das forças policiais com a população deu certo. O crime caiu e a sensação de segurança aumentou”, destacou o secretário.

Na categoria roubos, foram registradas quedas em ocorrências contra transeuntes (-33,36%), de veículos (-34,70%), ao comércio (-50,51%) e de residências (-35,95%). Também apresentaram redução os furtos de veículos (-8,61%), ao comércio (-21,99%), de residências (-17,47) e de transeuntes (-24,58%).

Proatividade

Na comparação de janeiro a dezembro de 2018 com igual período do ano passado, houve aumento de 59,72% no cumprimento de mandados de prisão. O número de foragidos recapturados subiu 41,57%. Abordagens policiais cresceram 50,52% e o número de patrulhamentos policiais subiu 64,78%. Prisões em flagrante também apresentaram alta de 23,15%.

Ao analisar seu período à frente da SSP, o secretário Irapuan Costa Júnior destacou que os avanços foram possíveis graças ao trabalho das forças de segurança, aos investimentos em inteligência e integração das polícias. Também defendeu ações de valorização permanentes de todos os policiais goianos. “Goiás conta com os melhores policiais do Brasil. Reduzimos a criminalidade e aumentamos a proatividade porque eles são extremamente dedicados na defesa da população”, disse.

 

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

 

Compartilhar: