General Theophilo elogia criação da Superintendência de Combate à Corrupção em Goiás

Ações de repressão ao crime foram discutidas em reunião com chefes das forças policiais

O secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theóphilo, a convite do secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, participou na tarde desta segunda-feira (11/03), em Goiânia, de reunião com comandantes, delegados, diretores-gerais e superintendências de regiões e áreas integradas. Um dos principais objetivos foi discutir medidas de prevenção e combate à criminalidade no Estado e conhecer os mecanismos de monitoramento feito pelo Observatório da Segurança Púbalica de Goiás.

Na ocasião do evento, que ocorreu na Fundação Tiradentes, o secretário nacional defendeu que o modelo da Força Nacional de Segurança seja revisado, pois além de caro, o investimento nas estruturas locais de policiamento podem gerar um efeito mais positivo. Também falou da importância de uma carreira de segurança pública integrada e com ação cada vez mais forte em operações de inteligência colaborativa e com uso de tecnologia de última geração.

Guilherme Theóphilo também elogiou a iniciativa do governador Ronaldo Caiado com a criação da Superintendência de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado. O secretário nacional destacou, ainda, que, a partir de 15 de março, os dados sobre a violência e ações policiais dos estados e do distrito federal passarão a ser integradas no Sistema Nacional de Informação da Segurança Pública, dando um caráter oficial e seguro ao monitoramento, hoje, muitas vezes feitos por ONG´s.

O secretário Rodney Miranda, por sua vez, destacou a necessidade de combater o crime de forma cada vez mais incisiva. “Nossas forças policiais são de excelência e estão prontas para agir com rigor contra quem quer atuar na criminalidade”, assegurou. Rodney lembrou que o Governo de Goiás, no âmbito da SSP, tem agido com base em três metas: inteligência, integração e integridade. Ele credita a isto os bons resultados que começam a aparecer nos primeiros meses de trabalho, principalmente na diminuição dos crimes contra a vida, na apreensão de drogas, explosivos e armamentos pesados e no desmatelamento de quadrilhas especializadas em roubo a banco.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: