Em ação integrada, polícias Civil e Militar desarticulam quadrilha que atacava caixas eletrônicos no Entorno do Distrito Federal

Grupo também era responsável por diversos roubos de veículos na região

As polícias Civil e Militar desarticularam na noite desta quinta-feira (07/02), uma associação criminosa responsável por explosões de caixas eletrônicos em postos de combustível e roubos de veículos em Luziânia e outros municípios do Entorno do Distrito Federal. A operação foi realizada por policiais do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB) e das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam).

De acordo com as investigações, Amador da Conceição Sardinha, de 28 anos, era responsável pelo fornecimento de explosivos para a quadrilha. Ele foi preso em flagrante e autuado por posse ilegal de artefatos explosivos ou incendiários.

O suspeito possui diversas passagens pela polícia. Com ele, foram encontrados explosivos de uso industrial, que seriam utilizados nos ataques.

Dois outros integrantes do grupo também foram encontrados. Higor Almeid Guimarães, 26, e um menor de idade estavam escondidos em Cidade Ocidental. Eles reagiram à abordagem, dispararam contra os policiais, mas acabaram mortos no confronto. A dupla estava com duas armas de fogo e tabletes de maconha.

Combate ao crime
Esta foi a segunda quadrilha especializada em ataques a bancos desarticulada pelas forças policiais goianas em 2019. Em janeiro, também em ação integrada, as polícias Civil e Militar prenderam nove suspeitos de explosões em agências bancárias de Goianésia, Morrinhos e Nova Crixás.

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública
(62) 3201-1027

Compartilhar: