Primeira faculdade brasileira administrada pela Polícia Militar é realidade em Goiás  

“Ensino militar goiano é referência nacional”, diz secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior. “Goiás, mais uma vez, dá exemplo para o País”, afirma governador Marconi Perillo. Atividades foram abertas, oficialmente, nesta segunda-feira (05/03)

“O ensino militar goiano é referência nacional”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior, nesta segunda-feira (05/03), ao participar, ao lado do governador Marconi Perillo, da abertura oficial da Faculdade da Polícia Militar. “Tenho certeza de que este centro acadêmico também será um grande sucesso”, completou.

Trata-se da primeira faculdade do Brasil administrada pela PM, aos moldes dos bem sucedidos colégios militares que estão transformando a vida escolar de milhares de estudantes goianos.

O governador Marconi Perillo destacou o caráter inovador da instituição. “Goiás, mais uma vez, dá exemplo para o País”, disse. “Vamos formar profissionais da mais altaa competente para que a sociedade goiana tenha cada vez mais avanços”, afirma.

A diferença é que, contrário aos colégios militares que são públicos, a faculdade será particular. A instituição não se restringe à formação do efetivo policial, uma vez que está aberta a todos os interessados em concluir o ensino superior, em diferentes habilidades.

São oferecidos os cursos de Enfermagem, Bioquímica e Educação Física. A faculdade foi idealizada tendo como parâmetros o ensino de excelência oferecido no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e no Instituto Militar de Engenharia (IME) e será mantida pela Fundação Tiradentes.

Diversas autoridades estiveram presentes. Entre elas, o comandante-geral da PM, coronel Sílvio Vasconcelos; o deputado federal Jovair Arantes; o deputado estadual Virmondes Cruvinel; além dos diretores da Faculdade da Polícia Militar, tenente-coronel Waldemar Naves, tenente-coronel Cleber Aparecido e tenente-coronel Ubiratan Reges.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

Comunicação Setorial

Secretaria de Segurança Pública

(62) 3201-1004 / 1027 / 1055