Preso suspeito de matar a mãe adotiva em Goiânia

WhatsApp Image 2017 07 03 At 12.42.38

Ação integrada entre as polícias Civil de Goiás e do Mato Grosso encontraram o homem em um assentamento, na cidade de Jaciara, no Mato Grosso. Crime foi cometido em fevereiro deste ano, na Vila Redenção

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) – em ação conjunta com a Polícia Civil do Mato Grosso, apresentaram nesta segunda-feira (03/07), Ricardo Ferreira Vidotto Azevedo, de 30 anos, suspeito de matar sua mãe adotiva. Sônia Maria de Passos, 49, foi assassinada em fevereiro deste ano, na Vila Redenção, em Goiânia. A motivação seria uma briga familiar porque a mãe acreditava que a esposa dele havia denunciado seu marido, que já está preso por tráfico de drogas.

Segundo o delegado Francisco Lipari, o suspeito confessou ter matado a mãe para roubá-la. Ela foi encontrada no banheiro da casa onde morava, com um corte no pescoço. Após o crime, Ricardo fugiu levando um carro, dois aparelhos de televisão e joias. Ele foi detido em um assentamento para trabalhadores sem terra em Jaciara, no Mato Grosso.

Em depoimento à polícia, o homem declarou que o crime foi planejado com a ajuda da esposa. “Ele confessou que já havia tentado cometer o crime outras duas vezes, mas não teve coragem. Alegou que precisava de dinheiro e, por isso, decidiu matá-la”, explica o delegado Francisco Lipari.

FOTO: POLÍCIA CIVIL

 

Compartilhar: