Policiais que desmantelaram quadrilha de assaltantes de bancos são homenageados

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária homenageou nesta quarta-feira (17/08) policiais civis e militares que participaram do desfecho contra uma organização criminosa responsável pelo roubo a duas agências bancárias e uma lotérica em Alto Paraíso de Goiás, no dia 05 de agosto. Vice-governador e titular da SSPAP, José Eliton, declarou ser uma justa homenagem por parte do Estado como forma de “reconhecimento aos atributos de cada um que se esforça no benefício do povo”.

A solenidade, no auditório da SSPAP, reuniu 90 policiais militares, 25 civis, além dos quatro PMs do Estado do Tocantins que deram assistência durante a ocorrência. A ação é fruto do Pacto Interestadual de Segurança Pública Integrada, liderado por Goiás com objetivo de combater a criminalidade nas divisas dos estados.

Os policiais receberam o Diploma Mérito da Segurança Pública e um elogio formal realizado pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Divino Alves. Além disso, foi assinado o documento de sindicância para apurar a ação dos policiais militares para fim de concessão da Medalha Destaque Operacional.

Para José Eliton, a homenagem é justa aos profissionais que “vivem uma rotina sob um grande estresse”. Segundo ele, “é muito importante que o Estado reconheça os atributos individuais dos que demonstram a força, a honra, a determinação e a disposição para o enfrentamento. Eliton fez agradecimento especial pelos serviços prestados por esses profissionais.

Ao cumprimentar o comandante da PM e o delegado-geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio, José Eliton também ressaltou que Goiás tem sido referência nacional no trabalho integrado das forças policiais. Ele disse “sentir orgulho” em estar na condição de secretário e afirmou que a segurança pública em Goiás tem modificado os padrões para enfrentar esse tipo de crime. “Aqui, quem se atrever para a prática de delitos terá a resposta adequada”. Detalhou, por fim, os investimentos em equipamentos e tecnologia para o aparato das forças policiais.

“As polícias têm feito o seu papel, está agindo, mas é preciso que a sociedade entenda que a segurança pública faz a sua parte”, disse José Eliton ao defender mais uma vez o “endurecimento das penas” no país.

O caso

No dia 05 de agosto, as forças policiais goianas, em parceria com a polícia do Tocantins, trabalharam para desmantelar uma quadrilha de assaltantes que invadiu duas agências bancárias e uma lotérica no município de Alto Paraíso e fugiu levando reféns e grande quantidade em dinheiro.

Imediatamente após os assaltos, equipes do Comando de Divisas (COD) conseguiram localizar e prender em um hotel em Flores de Goiás, o primeiro suspeito. Por volta da meia-noite, os policiais, com apoio do Bope e do GRaer, detiveram outro assaltante em São João D’Aliança, libertando uma adolescente que havia sido feita refém. Na manhã do dia 06 de agosto, dois integrantes da quadrilha abriram fogo, entraram em confronto com policiais, foram baleados e mortos.

A polícia conseguiu recuperar, na operação, três carros roubados, sete armas e farta munição, além de R$ 23 mil em notas e oito sacos de moedas. Por determinação do secretário de Segurança Pública, iniciou-se a operação que findou com a localização dos dois últimos integrantes da associação criminosa. Em Alto Paraíso, eles agiram com forte carga de violência, nos moldes do chamado “novo cangaço”.

FOTOS/WILDES BARBOSA

 

Compartilhar: