“Policiais goianos fazem trabalho heroico”, afirma titular da SSPAP

 

20170410103046_IMG_0461

Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Ricardo Balestreri participa de reunião com representantes das corporações para discutir novas estratégias de combate à criminalidade para o segundo trimestre deste ano. Ele destaca queda geral nos índices de delitos praticados em Goiás

O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), Ricardo Balestreri, participou na manhã desta segunda-feira (10/04) de reunião com dirigentes e representantes das polícias Civil, Militar, além do Corpo de Bombeiros e da Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC).  Um dos principais objetivos do encontro foi discutir novas estratégias de combate à criminalidade para o segundo trimestre deste ano.

“Nossos policiais trabalham arduamente no enfrentamento ao crime. Se o Estado está no caminho certo e os indicadores de criminalidade estão em queda, é porque nossos policiais fazem um trabalho heroico”, disse o titular da SSPAP.

O encontro, realizado na Fundação Tiradentes, em Goiânia, também serviu para avaliar os resultados das ações executadas nos últimos meses. Em seu discurso, Balestreri ressaltou a importância do trabalho das polícias goianas na redução dos índices criminais em Goiás.

Vale lembrar que, no primeiro trimestre de 2017, homicídios apresentaram queda de 23,6% em Goiás. Tentativas de homicídio caíram 34,48% e latrocínios, 61,9%. Estupros cederam 28,57%. Já os roubos apresentaram queda nas quatro naturezas levantadas: a transeuntes (-25,31%), de veículos (-34,8%), em comércios (-31,47%) e em residências (-31,64%). Os furtos de veículos tiveram recuo de 27,5%, ao passo que os furtos em comércios e a transeuntes retrocederam, respectivamente, em 16,48% e 25,06%.

Cooperação

Balestreri também participou de reunião com representantes da Agência de Cooperação Internacional do Japão. O encontro, na Fundação Tiradentes, serviu para iniciar debates e trocas de experiências sobre políticas de segurança, em especial a polícia de proximidade, uma das iniciativas que pretende implantar em Goiás dentro da estratégia de continuar a reduzir os índices de criminalidade em todo o estado.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

 

Compartilhar: