Polícia prende suspeitos de roubo na casa de deputada

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Roubos em Residências da Delegacia Estadual de Investigações (DEIC) apresentou, nesta quinta-feira (05/05), seis pessoas presas suspeitas de serem autores do roubo na casa da deputada estadual e delegada licenciada, Adriana Accorsi, ocorrido na última segunda-feira (02/05), no setor Jaó, em Goiânia.

Rodolfo Neiva Brito, Juan Henrique Ferreira, Denis Rafael Gama, Felipe Souza e Silva, Lucas Santos Ferreira e Ione dos Santos Silva, com idades entre 18 e 24 anos, foram presos em flagrante. Com eles a polícia encontrou as duas armas roubadas da delegada, joias e o videogame levados no dia do crime. A polícia chegou até os suspeitos após analisar as imagens do circuito de segurança da casa da vítima. Eles foram encontrados nos bairros Jardim Guanabara e Vale dos Sonhos, na região Norte da Capital.

A delegada Karla Fernandes, responsável pelas investigações, explicou que desde o dia do roubo a Polícia Civil trabalhou de forma incansável para identificar e prender os suspeitos. A partir das imagens foi possível chegar até o veículo usado no crime. “As filmagens favoreceram bastante a investigação. Pela placa, conseguimos chegar até o veículo utilizado pelos bandidos”, afirmou.

A delegada acrescentou que com a prisão dos suspeitos, outros crimes cometidos na região também estão sendo investigados. “Esses criminosos têm como característica subtrair itens de fácil comercialização, como joias, celulares e dinheiro”, detalhou.

O crime

Nas imagens da câmera de segurança é possível ver toda a ação do bando. O veículo passa pela rua, deixa dois homens e sai. Denis Rafael e Lucas Santos renderam a filha da delegada e um amigo dela enquanto eles passeavam com o cachorro na porta da residência. O veículo, um Fox prata, é de propriedade do pai de Rodolfo, que dirigia o veículo.

Na residência eles renderam também a deputada e pediram dinheiro e joias. A ação, segundo a polícia, demorou menos de dez minutos.

Os outros envolvidos foram presos por receptação, inclusive Ione, que é namorada de Denis e foi encontrada usando uma das joias da vítima.  Eles vão responder por receptação, associação criminosa, roubo qualificado e posse de arma.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

Comunicação Setorial
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

Compartilhar: