Polícia Civil desarticula organização  suspeita de roubos e tráfico de drogas

Delegacia Estadual de Repressão e Roubos de Veículos Automotores (DEFRVA), com apoio do GT3, deflagra Operação Quaresma que culminou na prisão de três suspeitos. Um menor foi apreendido 

A Polícia Civil deflagrou nesta terça-feira (11/04), a Operação Quaresma, cujo objetivo foi desarticular uma associação criminosa especializada em roubo de veículos e tráfico de drogas. Três homens foram presos e um menor, de 16 anos, apreendido. A ação foi executada por policiais da Delegacia Estadual de Repressão e Roubos de Veículos Automotores (DEFRVA), com apoio do GT3.

Foram detidos Igor Paz da Silva, 19 anos, Johnathan Flauzino Ferreira, 21, e Weverson Moreira Tomazini, 30. Rodrigo Martins Xavier da Silva, 38, que já estava detido na Casa de Prisão Provisória – e fazia parte do grupo – também teve mandado de prisão cumprido. A polícia segue em busca de outro suspeito.

As investigações tiveram início há seis meses. De acordo com o delegado José Antônio de Podestá Neto, as apurações tiveram início a partir do adolescente, averiguado por ligação ao roubo de um veículo. “Por meio dele, chegamos aos outros membros do grupo e aos demais crimes que todos eles cometiam”, explicou.

Na casa do menor, a polícia apreendeu cinco armas de fogo, munições e uma espada. O pai afirmou que era o dono e que elas seriam de coleção, mas não conseguiu apresentar a documentação. Ele pode responder por porte ilegal de armas. Na casa de Johnathan, foram encontrados um quilo de maconha e uma balança de precisão.

A polícia encontrou ainda, na casa de Weverson, cinco folhas de carteira de identidade em branco. Quatro delas, estavam parcialmente preenchidas, mas ainda sem fotos. Um documento já havia sido completamente falsificado. O documento era utilizado para aplicar golpes em sites de compras pela internet e no comércio de Goiânia.

Segundo o delegado, agora, a polícia trabalha para dividir as responsabilidades de cada um nos crimes. “Eles vão responder por associação criminosa armada, receptação, posse ilegal de armas e munições, associação para o tráfico, falsificação de documentos e tráfico de drogas”, afirmou.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

 

Compartilhar: