Operação West Side desarticula associação criminosa na região Oeste da Capital

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), prendeu quatro suspeitos de crimes como homicídio, tráfico de drogas, receptação, roubo de carros e comércio de armas. A operação, denominada West Side (do inglês lado oeste), recebeu este nome em decorrência da área de atuação da associação criminosa, que agia na Região Oeste de Goiânia.

Durante os dois dias da operação foram presos Fagner Wilian Cipriano, de 29 anos, Vantuir Alves Caixeta, de 39, Guilherme de Faria Silva, de 20 anos, e João Paulo Borges Farias, de 31. Foram apreendidos três kg de cloridrato de cocaína, 1 kg de pasta-base de cocaína, 300g de maconha, balanças de precisão, uma pistola, uma carabina calibre 22, munições, um Volkswagen Voyage roubado, além de placas veiculares de origem duvidosa.

De acordo com o delegado Rilmo Braga, esta é apenas a primeira fase da Operação West Side, que segue com as investigações e vai se desdobrar em outras. Ele afirma que além dos indícios de elo entre os quatro suspeitos presos, pode haver outros integrantes.

Investigações

Segundo o delegado, as investigações foram realizadas durante dois meses. Os suspeitos integram uma associação criminosa que teria praticado diversos homicídios na Região Oeste de Goiânia e em outras áreas da Capital. Uma das armas apreendidas foi encaminhada para exame de balística a fim de confirmar o envolvimento dos presos em outras mortes.

Durante a coletiva, marcada para a apresentação dos suspeitos na DIH, apenas João Paulo Borges ainda estava na delegacia. De acordo com Rilmo Braga, os outros três acusados já tinham sido encaminhados pelo Poder Judiciário para audiência de custódia.

Fotos: André Saddi

Comunicação Setorial
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

 

Compartilhar: