Greve dos caminhoneiros: 112 escoltas já foram realizadas

Mais de 100 caminhões serão acompanhados nas próximas horas em três grandes escoltas; Operação está sendo executada pela Polícia Militar, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal

O Gabinete de Monitoramento da Paralisação do Transporte Rodoviário de Cargas (GMPTC), coordenado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), registrou até esta terça-feira (29/05), 112 escoltas de caminhões nas rodovias goianas. No total, foram acompanhados 163 veículos com combustível, medicamentos, alimentos, gás e animais vivos.

A decisão foi tomada após reunião na manhã de segunda-feira (28). Um dos principais objetivos é garantir o abastecimento em todo o Estado. “Estamos atendendo as demandas prioritárias para garantir que a população não sofra as consequências da paralisação”, explica o secretário Irapuan Costa Júnior.

Mais de 100 caminhões serão escoltados nas próximas horas em três grandes escoltas. Outros cinco grupos menores também já estão agendados.

As escoltas estão sendo realizadas de acordo com a necessidade de cada região. A operação está sob a responsabilidade da Polícia Militar, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal.

Para solicitar escoltas, empresas e motoristas devem entrar em contato pelo telefone (62) 3201-6101 ou pelo e-mail coordenacaoescolta@gmail.com. O número (62) 3201-2050 foi disponibilizado para denúncias de crimes relacionados à paralisação, como bloqueios de estradas, venda ilegal de produtos e furtos e roubos de veículos.

Comunicação Setorial

Secretaria de Segurança Pública

Compartilhar: