Forças policiais deflagram operação preventiva em casas noturnas de Goiânia

Forças policiais goianas deflagraram, na noite desta sexta-feira (17/06), operação preventiva em bares, boates e casas noturnas de Goiânia. Um dos principais objetivos da ação foi fiscalizar a segurança destes estabelecimentos. A polícia também fez buscas por armas, drogas e possíveis foragidos, evitando que novos crimes sejam cometidos.

A operação foi realizada pelas polícias Militar – por meio do 1º Batalhão da PM e parte dos grupos especiais da corporação (Bope, Giro, Choque e Batalhão de Trânsito) -, Civil e Técnico-Científica. Também estiveram presentes o Corpo de bombeiros, agentes do Procon e da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma).

Comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), tenente-coronel Pedro Castelões – que estava à frente da ação -, ressaltou a importância do trabalho preventivo. “Nosso foco é combater a criminalidade em suas mais diferentes áreas. É justamente neste sentido que estamos atuando nesta noite: evitar que criminosos façam algo contra a população e fiscalizar a segurança que esses estabelecimentos oferecem aos seus clientes”, afirmou.

O foco da operação foi em possíveis manchas criminais previamente levantadas pelo Serviço de Inteligência. A intensificação das ações das forças policiais na Capital, assim como nos demais municípios goianos, faz parte da política ostensiva e repressiva de combate à criminalidade da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP). A medida foi implantada pelo vice-governador José Eliton, desde que assumiu a pasta, em fevereiro deste ano.

No primeiro local vistoriado, um bar localizado à Rua 144, no Setor Marista, houve interdição de parte da via para facilitar as abordagens. Os frequentadores do estabelecimento foram informados do caráter preventivo da ação e, em clara demonstração de apoio à repressão ao crime, aplaudiram a operação.

Outro bar bastante frequentado em Goiânia, localizado na Alameda Dom Emanuel Gomes, também no Setor Marista, foi vistoriado pela operação. O tenente-coronel Pedro Castelões deixou claro que o objetivo da ação não era causar constrangimentos, mas, sim, garantir mais segurança à população. Explicou como seriam as abordagens de praxe. Mais uma vez, os frequentadores respaldaram o trabalho.

Os policiais também estiveram em outro estabelecimento, na Avenida 85, no Setor Marista. Os clientes novamente foram informados da operação e a sua importância no combate à criminalidade. Eles também aplaudiram a iniciativa preventiva.

FOTOS: ANDRÉ SADDI

Comunicação Setorial
Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP)
(62) 3201-1004, 3201-1055

Compartilhar: