Em entrevista à Rádio Vinha, Ricardo Balestreri enumera medidas para combate à criminalidade

20170516074347_IMG_6691

“Se segurança pública para, toda a sociedade para”, diz titular da SSPAP aos jornalistas Altair Tavares e Samuel Straioto. Ele destaca o anúncio recente feito pelo governador Marconi Perillo de novo concurso para mais 2 mil PMs e informa que já está em andamento a convocação de mais de mil agentes prisionais concursados

O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), Ricardo Balestreri, foi o entrevistado da manhã desta terça-feira (16/05) do Jornal Realidade, da Rádio Vinha, ancorado pelo jornalista Altair Tavares com participação de Samuel Straioto. Na pauta, os temas referentes às ações voltadas para o combate à criminalidade. “Se segurança pública para, toda a sociedade para, desde a educação até o turismo”, disse.

Balestreri destacou o anúncio recente feito pelo governador Marconi Perillo de novo concurso para mais 2 mil PMs. Ele defende os direitos humanos dos policiais “que promovem os direitos da sociedade”, disse. “É imprescindível reconhecer o ser humano por trás da farda. Ali bate um coração”, afirma.

O secretário informa que já está em andamento a convocação de mais de mil agentes prisionais concursados. Balestreri defende o desmembramento das pastas de segurança pública e administração penitenciária e observa que, se viabilizado, trará pouco ônus para o governo.

Ele considera como medidas importantes para o sistema prisional a cogestão e o instituto das penas alternativas, já em implantação em Goiás, bem como atividades voltadas para a ressocialização de detentos como trabalho, educação e práticas religiosas.

Com cerca de dois meses desde que assumiu a SSPAP, o gaúcho Ricardo Balestreri ressalta a “cultura de hospitalidade” dos goianos. “Isso me encanta muito”.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

 

Compartilhar: