Campanha de conscientização de trânsito celebra cidadania, afirma Balestreri sobre Maio Amarelo

IMG_20170511_134207

Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária alerta para as mais de 50 mil pessoas que morrem todos os anos em acidentes no Brasil e destaca necessidade de “alcançar patamares de uma vida mais civilizada”. Ele ressalta que a pasta vai mobilizar todo seu pessoal na iniciativa, coordenada no âmbito estadual pelo Detran

“A campanha de conscientização de trânsito do Governo de Goiás celebra a cidadania”, afirma o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Ricardo Balestreri, a propósito da mobilização Maio Amarelo – Atenção Pela Vida. “É uma iniciativa que demonstra nossa consciência de que podemos, por meio do trânsito, alcançar patamares de uma vida mais civilizada”, disse.

De acordo com o secretário, é preciso educar as pessoas para que não se faça uso de álcool ao dirigir. “Esse trabalho será constante. Nós temos mais de 50 mil mortes no trânsito no Brasil ao ano e precisamos contribuir para evitá-las”, declarou.

O titular da SSPAP, Ricardo Balestreri, ressalta que a pasta vai mobilizar todo seu pessoal na campanha, coordenada no âmbito estadual pelo Detran. “Tragédias são frequentes no trânsito brasileiro. O número de mortes é muito alto em todo o País”, disse.

Reforço

O governador Marconi Perillo anunciou medidas que reforçam o trabalho das forças de segurança pública durante o lançamento da campanha na quinta-feira (12/05). Entre as iniciativas está a liberação do aumento em 25% do banco de horas dos policiais militares empregados nas ações de trânsito, autorização da presença da Central de Flagrantes nas blitzes do Balada Responsável, parceria com a Polícia Militar para fiscalização do trânsito, além de determinar apoio do Corpo de Bombeiros ao Detran na realização de serviços preventivos.

Viaturas

O Governo de Goiás também entregou cinco novas viaturas operacionais ao Corpo de Bombeiros. Elas vão atuar no combate a incêndios e em ações de salvamento e atendimento às vítimas de acidentes em todo o Estado. No total, foram investidos R$ 3,32 milhões na aquisição dos veículos. O montante foi arrecado com multas de trânsito.

Compartilhar: